domingo, 1 de Abril de 2007

Liofilização


Liofilização (Freeze drying, em inglês) é um processo de desidratação usado tipicamente para preservar um material. A liofilização trabalha congelando o material e reduzindo a pressão circunvizinha, permite que a água congelada no material sublime (passagem directa da água do estado sólido ao gasoso sem passar pelo estado líquido) O índice de água extremamente reduzido que resulta inibe a acção dos microorganismos e dos enzimas que normalmente estragam ou degradam as substâncias.
A aplicação do vácuo elevado na liofilização faz com que o gelo sublime mais rapidamente, tornando um processo de secagem deliberado. Uma câmara fria do condensador e/ou as placas do condensador fornecem uma superfície para o vapor re-solidificar. Estas superfícies devem estar mais frias do que a temperatura da superfície do material que está a ser liofilizado, ou o vapor não migrará ao colector. As temperaturas para esta captação do gelo estão tipicamente abaixo de -50 °C.
Se uma substância desidratada por este processo for selada para impedir a reabsorção da humidade, a substância pode ser armazenada na temperatura ambiente sem refrigeração, e estará protegida da degradação por muitos anos. A liofilização tende a danificar menos o tecido que está sendo desidratado do que outros métodos da desidratação, que envolvem temperaturas mais altas. A liofilização não causa, geralmente, o encolhimento ou endurecimento do material que está sendo desidratado, e os sabores/cheiros permanecem, também, virtualmente inalterados.
As soluções líquidas desidratadas por este processo podem ser rehidratadas (reconstituídas) mais rápida e facilmente porque deixam poros microscópicos no pó resultante. Os poros são criados pelos cristais de gelo que sublimaram, deixando aberturas ou poros em seu lugar. Isto é especialmente importante quando o uso é farmacêutico. A liofilização aumenta também a vida útil das fármacos por muitos anos.
O processo é usado para produzir por exemplo, a comida dos astronautas. É também popular e conveniente para alpinistas (actividade comum nas regiões montanhosas no Nepal e na Índia é chamado às vezes trekking) porque o peso reduzido permite que carreguem mais alimento e reconstitui-lo com água disponível. A liofilização é usada na manufactura do café solúvel e pelas indústria farmacêutica.

7 comentários:

Marcos disse...

Olá Rui! Meu nome é Marcos tenho 19 anos, sou estudante de engenharia industrial quimica. Li seu artigo no blog sobre liofilização e gostei bastante. Estou realizando um trabalho de conclusao de curso cujo assunto se relaciona à liofilização. Meu trabalho se baseia na transformação de um líquido (soro do leite) em um pó.
Gostaria de receber mais informações sobre a liofilização, bem como fontes bibliográficas, e preços de equipamentos. Se puder me fazer este favor, mande-me via e-mail. Meu e-mail é sjc.marcos@gmail.com

Desde já agradeço.

Cristiane disse...

Rui, olá. Parabéns pelo blog. Estava pesquisando sobre liofilização, e achei elucidativas as informações postadas.
Convido-te para visitar o meu blog http://dracristianemiranda.blogspot.com

Abraços,
Cristiane

leandro disse...

olá Rui. sou farmaceutico e trabalho na área de raditempoofarmacos, onde normalmente se utiliza o processo de liofilização para a obtenção dos kits. Durente todo o processo de liofilização trabalhamos com 3 variaveis, temperatura,pressão e tempo.
eu utilizo o congelamento a -40ºC e uma secagem primária numa temperatura de 24ºC e secundaria também neste patamar durante 10 horas.
Pergunto, para farmacos a secagem primaria deverá ser mais perto do ponto eutetico de meu produto?? varias literaturas falam na situação de trabalhar com temperaturas mais baixas na secagem primaria e na secundária um pouco mais elevada...
fico no aguardo do questionamento...
e-mail: lesalesa@ig.com.br
abraços

leandro disse...

a área que trabalho é radiofármacos....corrigindo o comentario anterior

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.